Fala TV

Trump diz que EUA terão “solução” para a covid-19 “muito antes do final do ano”

COVID-19 NO BRASIL

3,229,621 TOTAL
105,564 (3.3%) MORTES
2,356,640 (73.0%) RECUPERADOS
14 Aug 2020, 8:16 AM (GMT)

Os Estados Unidos comemoraram seu 4 de julho, o aniversário da independência norte-americana, com as bandeiras a meio mastro em sinal de luto, com a população chamada a ficar em casa pelo novo aumento na disseminação do coronavírus, e mais de uma dúzia de Estados recuando da reabertura econômica no país.

Nos jardins da Casa Branca, no entanto, a mensagem que Donald Trump transmitiu foi a de uma “tremenda vitória” a caminho. “Estamos a caminho de uma tremenda vitória, isso vai acontecer e vai acontecer em grande estilo”, disse ele. Diante de centenas de convidados, novamente sem máscaras, ele também garantiu que o país teria alguma “solução” ou “vacina” contra a covid-19 “muito antes do final do ano”.

A cacofonia entre o republicano e o corpo de cientistas que dirige a resposta da Casa Branca a essa crise tornou-se palpável pela enésima vez. Se o epidemiologista Anthony Fauci, o rosto mais popular da equipe, pedir aos cidadãos que evitem reuniões lotadas e incentive o uso de máscaras, o presidente é imediatamente incentivado a organizar um grande evento. Foi na noite de sexta-feira, no icônico Monte Rushmore, em Dakota do Sul, e foi neste sábado, em um novo discurso com centenas de convidados sem nenhuma proteção.

O ato do presidente na ocasião de 4 de julho é uma tradição criada pelo próprio Trump no ano passado. Até então, essa era uma celebração patriótica, mas não política, e eminentemente familiar.  Ele voltou a criticar a China por, segundo ele, ocultar a origem do surto.

“Estávamos melhor do que qualquer outro país da história e, por isso, tivemos uma terrível praga da China, mas estamos mais perto de nos livrar dela”, enfatizou. “Nosso país está voltando, nossos números de empregos são espetaculares, muitas coisas estão acontecendo que as pessoas ainda não vêem. Estamos a caminho de uma tremenda vitória, isso vai acontecer e vai acontecer em grande estilo. Nosso país estará melhor do que nunca “, acrescentou entusiasmado.

Os Estados Unidos confirmaram 2,8 milhões de infecções por coronavírus e carregam quase 130.000 mortes nas costas. Com uma população de 330 milhões de habitantes, o volume relativo não é pior que o de outros países europeus, mas, ao contrário do que aconteceu no outro lado do Atlântico, a taxa de novos casos aumentou novamente. (El País)

COVID-19 NO BRASIL

3,229,621 TOTAL
105,564 (3.3%) MORTES
2,356,640 (73.0%) RECUPERADOS
14 Aug 2020, 8:16 AM (GMT)

Fale conosco

redacao@falatv.com.br

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

We would like to keep you updated with special notifications.